Follow by Email

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

As pedras junto ao mar




    Me vejo como quem olha para o mar. Observo muitas pedras ao seu redor, ambas apontam para os problemas, alguns grandes e outros pequenos. No mar sem companhia, essas tornaram-se pedras e a esperança de encontrar alguém torna minha voz soando como um eco. Descubro que o mar é movido pelo vento e que em meu pensamento intensamente recordo-me desse vento que inúmeras vezes soprou em meu coração. Já nem sei mais o que fazer diante dele: ou me render à segurança de suas ondas ou me afogar no desespero. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário